Thalassa Lisboa - Clínica Médica Estética
Consulta de Avaliação
Gratuita
PT | EN | FR
1/4
Olá! Fale-nos um pouco sobre si…
Olá, Chamo-me
sou
E tenhoanos
2/4
Que tipo de tratamento procura?
Thalassa - Rosto

Rosto

Thalassa - Rosto
Thalassa - Corpo

Corpo

Thalassa - Corpo
Thalassa - Cabelo

Cabelo

Thalassa - Cabelo
3/4
Em qual dos seguintes problemas   se quer focar?
4/4
Temos para si tratamento(s) possíveis:

Um bom conselho
não tem preço.

A consulta de avaliação é gratuita.

Ligue para o 217 972 175 ou envie mensagem pelo whatsapp para o 933 468 906 para marcar consulta. Se preferir, deixe os seus dados abaixo e entraremos em contacto consigo o mais breve possível.

MARQUE A SUA 1ª CONSULTA GRATUITA
VENHA SABER QUAL O MELHOR TRATAMENTO PARA SI
Voltar

Peeling Químico

Peeling Químico

PEELING QUÍMICO: MECANISMO DE ACÇÃO, INDICAÇÕES E RESULTADOS

PEELING QUÍMICO: MECANISMO DE ACÇÃO, INDICAÇÕES E RESULTADOS - Thalassa
Saiba mais sobre
PEELING QUÍMICO: MECANISMO DE ACÇÃO, INDICAÇÕES E RESULTADOS

PEELING QUÍMICO: MECANISMO DE ACÇÃO, INDICAÇÕES E RESULTADOS

Thalassa -

A palavra “Peeling” vem do inglês “to peel” correspondendo, para a pele, à acção de pelar, de descamar. O Peeling químico é por conseguinte um procedimento técnico que consiste em aplicar sobre a pele um ácido biocompatível que vai permitir uma ablação de várias camadas cutâneas. Diferentes produtos são utilizados:



- Ácidos de frutas (ácido glicólico, ácido mendélico, ácido fítico, ácido cítrico)

- Ácidos ditos fracos (ácido láctico, ácido salicílico)

- Ácido tricloroacético

- Fenol


Distinguem-se 3 grandes tipos de Peeling em função da profundidade da sua acção:



  •     
  • Os     peeling superficiais:

       


       

    A     ablação da camada de pele não atinge a membrana basal, a que     separa a epiderme da derme. Apenas são retiradas as camadas     superficiais da pele. A descamação dá-se alguns dias após o     Peeling de forma discreta e totalmente compatível com a vida     social.    

       

    Um     creme específico pós-Peeling irá acalmar a inflamação e     favorecer a regeneração cutânea. O resultado será uma pele mais     luminosa, uma tez mais homogénea.    

       

    É     sem dúvida um Peeling de renovação celular, interessante no plano     estético. É pouco agressivo, não necessita de qualquer     preparação, mas tem pouca acção nas manchas, nas rídulas e nas     cicatrizes. Podem utilizar-se os ácidos de frutas, ou o ácido     tricloroacético de fraca concentração.      



  •     
  • Os     Peeling médios:


  •     

     A     ablação da pele atinge a membrana basal e pode chegar até à     parte superficial da derme, isto é a derme papilar. O nascimento de     uma nova pele acontecerá a partir da membrana basal e sobretudo das     estruturas pilo-sebáceas.    

       

    A     pele, 2 ou 3 dias depois do Peeling, fica com uma cor acastanhada,     como se se tratasse de uma queimadura. Seguidamente começará a     descamar dando lugar a uma pele renovada.    

       

    Esse     período pode se revelar um tanto ou quanto delicado do ponto de     vista social, dado que antes e depois da descamação, a pele não     apresenta um aspecto muito agradável. É preciso saber encarar esse     incómodo com paciência, respeitar rigorosamente o protocolo de     cremes pós-Peeling, e sobretudo nunca tentar arrancar pedaços de     pele que ainda não estão para cair.    

       

    Este     tipo de Peeling resulta ser bastante eficaz nas manchas     pigmentárias, e consegue melhorar as cicatrizes de acne e as     rídulas.    

       

    Antes     do procedimento, é preciso efectuar uma preparação da pele com     cremes que serão utilizados durante os 10 ou 15 dias que precedem o     acto médico propriamente dito. Esta preparação permite limitar a     inflamação e portanto limitar as pigmentações pós-inflamatórias.     Aplica-se habitualmente hidrocortisona de fraca concentração de     manhã e hidroquinona 4% à noite. Se a paciente apresentar     antecedentes de erupção hérpica, convém prescrever um tratamento     preventivo com aciclovir. O ácido tricloroacético é o produto de     referência para esse tipo de Peeling.



  •     
  • Os     peeling profundos:

       


       

    ão     os peeling com fenol. O nível de agressividade que apresentam faz     com que o seu uso seja reservado às peles muito envelhecidas, a     partir dos 60 anos. O procedimento realiza-se no bloco operatório.     Trata-se de um peeling que atinge a derme profunda chamada derme     reticular. Os dias que se seguem são psicologicamente difíceis, e     a evicção social é total durante 10 a 15 dias. Os resultados são     excelentes nas rugas e fotoenvelhecimento. Este peeling muito     eficaz, mas muito agressivo, não é praticado na Clínica Thalassa.


   

Um bom conselho
não tem preço.

A consulta de avaliação é gratuita.

Ligue para o 217 972 175 ou envie mensagem pelo whatsapp para o 933 468 906 para marcar consulta. Se preferir, deixe os seus dados abaixo e entraremos em contacto consigo o mais breve possível.

x