Thalassa Lisboa - Clínica Médica Estética
Consulta de Avaliação
Gratuita
PT | EN | FR
1/4
Olá! Fale-nos um pouco sobre si…
Olá, Chamo-me
sou
E tenhoanos
2/4
Que tipo de tratamento procura?
Thalassa - Rosto

Rosto

Thalassa - Rosto
Thalassa - Corpo

Corpo

Thalassa - Corpo
Thalassa - Cabelo

Cabelo

Thalassa - Cabelo
3/4
Em qual dos seguintes problemas   se quer focar?
4/4
Temos para si tratamento(s) possíveis:

Um bom conselho
não tem preço.

A consulta de avaliação é gratuita.

Ligue para o 217 972 175 (chamada para a rede fixa nacional) ou envie mensagem pelo WhatsApp para o 933 468 906 (chamada para rede móvel nacional) para marcar consulta. Se preferir, deixe os seus dados abaixo e entraremos em contacto consigo o mais breve possível.

MARQUE A SUA 1ª CONSULTA GRATUITA
VENHA SABER QUAL O MELHOR TRATAMENTO PARA SI
Voltar

Escleroterapia

Escleroterapia

Escleroterapia para pequenas veias

Escleroterapia para pequenas veias - Thalassa
Saiba mais sobre
Escleroterapia para pequenas veias

Escleroterapia para pequenas veias

Thalassa -

A Clínica Thalassa  volta a ter um tratamento estético muito procurado pelas mulheres antes do verão: a secagem de teleangectasias ou microvarizes na pele, sobretudo nas pernas.

As teleangectasias  ou veias reticulares são dilatações de veias com diâmetros entre os 1-3mm na superfície da pele , atingem  6 em cada 10 mulheres, predominantemente nas pernas e seu surgimento está relacionado à problema de circulação venosa e às varizes, com predisposição familiar em 90% dos casos.

Apresentam-se como pequenos vasos localizados na pele, muito finos, ramificados, de coloração vermelho/azulada e na maioria das vezes causam distúrbios apenas do ponto de vista estético.

Apesar de serem na sua grande maioria assintomáticos têm um impacto muito significativo na autoestima das pessoas, condicionando em muitos casos a forma como se vestem, na medida em que muitas mulheres evitam usar saia com vergonha de expor as pernas e noutros casos deixam de frequentar locais como praias e piscinas por esse mesmo motivo.

Vários fatores podem  predispor o surgimento dos mesmos, entre eles encontram-se : a obesidade,  a permanência por longos períodos na mesma posição, em pé ou sentado com as pernas cruzadas, a gravidez, o uso de terapêutica hormonal como os anticoncepcionais orais e  sobretudo a herança genética familiar.

Estas microvarizes ou teleangectasias podem ser tratadas com uma técnica que se chama escleroterapia , realizada por médico habilitado, que consiste na injeção de uma substância dentro destes vasinhos que causará uma destruição da sua camada mais interna, fazendo com que o sangue não circule mais por eles. O organismo  aos poucos substitui estas microvarizes por tecido de cicatrização , sem causar problemas para a circulação.

A escleroterapia geralmente dói menos que a depilação,  sendo usada uma agulha muito fina, para que o desconforto seja mínimo, mas cada pessoa responde à escleroterapia de maneira diferente.

Várias aplicações podem ser necessárias para tratar uma região com teleangectasias, sendo que a mesma área pode ser tratada de uma a duas semanas depois.

Normalmente muitas aplicações podem ser feitas em uma única sessão, mas pessoas com um grande número de teleangectasias necessitam de múltiplas sessões para tratar áreas diferentes.

Na maioria das pessoas , a escleroterapia elimina 50 a 80% das teleangectasias após algumas sessões.

Durante o tratamento não deve expor as áreas tratadas ao sol , para evitar manchas.


Um bom conselho
não tem preço.

A consulta de avaliação é gratuita.

Ligue para o 217 972 175 (chamada para a rede fixa nacional) ou envie mensagem pelo WhatsApp para o 933 468 906 (chamada para rede móvel nacional) para marcar consulta. Se preferir, deixe os seus dados abaixo e entraremos em contacto consigo o mais breve possível.

x